O lado ruim do inverno…

Hoje, estou gripado, num dia frio… e é nessa situação, que esse poema mais me incomoda… se eu, na minha casa, com cobertor, janela, teto, forro do teto, chuveiro eletrico, passo frio… imagina um bicho homem como o citado abaixo… ou um que mora num barraco, de madeira fina e mal vedada… O inverno é a estação onde se lembra a vantagem de ser rico… é a estação onde o trabalhador sofre, com o frio, com a gripe, com as doenças de seus filhos… e não podem descansar, parar, jamais…

Fica então um poema doido, incomodo… não gosto de lê-lo, pois não consigo esquecer a imagem que me vem à mente… mas é necessário espalhar essa imagem pra mais pessoas….

O Bicho

Manoel Bandeira

Vi ontem um bicho
Na imundície do pátio
Catando comida entre os detritos.

Quando achava alguma coisa,
Não examinava nem cheirava:
Engolia com voracidade.

O bicho não era um cão,
Não era um gato,
Não era um rato.

O bicho, meu Deus, era um homem.

1 comentário

  1. realmente… esse poema tem o dom de deixar a imagem, o incômodo… todos deveriam lê-lo de vez em quando, para se lembrarem de onde estão, e do que é necessário fazer…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s