Saudade

Essa semana foi um tanto complicada pra mim… problemas de saúde de uma pessoa muito querida… Mas tudo melhorou muito durante a semana…

Agora, sinto falta de algumas coisas na vida… de quem está longe, e de coisas que estão longe… não tenho conseguido militar… sinto a política distante e pior, vejo poucos meio de colocá-la na minha vida da forma como era antes… mas vamos resolvendo isso lentamente…

Falando em saudade, um poema de um do melhores escritores do mundo…

SAUDADE

Pablo Neruda

Saudade -qué será?… yo no sé… lo he buscado

en unos diccionarios empolvados y antiguos

y en otros libros que no me han dado el significado

de esta dulce palabra de perfiles ambiguos.

Dicen que azules son las montañas como ella,

que en ella se oscurecen los amores lejanos,

y un noble y buen amigo mío (y de las estrellas)

la nombra en un temblor de trenzas y de manos.

Y hoy en Eça de Queiroz sin mirar la adivino,

su secreto se evade, su dulzura me obsede

como una mariposa de cuerpo extraño y fino

siempre lejos -tan lejos!- de mis tranquilas redes.

Saudade… Oiga, vecino, sabe el significado

de esta palabra blanca que como un pez se evade?

No… Y me tiembla en la boca su temblor delicado…

Saudade…

1 comentário

  1. não conseguir militar e sentir a política distante.. bem sei o que é isso e não é fácil…

    espero que não tenha passado de um susto e esteja tudo bem por aí. Anime-se…rs

    e só pq vc falou em saudades…. .Saudade de ti
    =)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s