Frenuloplastia

Bom, eu não ia colocar nada disso aqui, mas por uma série de motivos vou escrever… primeiro, que ridiculamente temos vergonha de falar de sexo… é, vergonha da coisa mais natural, talvez uma das ultimas coisas naturais nesse ser tão social quanto o ser humano… Depois, que percebi que existe pouca informação sobre o assunto… por fim, vi um blog (http://lvsitano.net/frenuloplastia-conclusoes-e-resultados-1-mes-depois/) que me deu a idéia e a iniciativa…

Pois bem… há mais de um ano sentia algum incomodo ao fazer sexo… mas como não faço sexo todos os dias, era algo pouco relevante… nas férias de julho, em certa medida, e especialmente agora no final do ano, isso passou a me incomodar muito, exatamente por fazer sexo todos os dias, ou quase isso, por um período prolongado… Bom, daí, resolvi ir num médico… o que já não é fácil pros homens em geral (e me incluo neles… ainda que pra mim deva ser um pouco mais fácil, tanto pela melhor relação com sexo e corpo que eu acho que tenho, quanto por fazer medicina…)

Bom, daí, o primeiro médico disse que era fimose, e que era pra operar já… ah, mto bom, o cara me olha por 5 min e quer marcar cirurgia… e não é pouca coisa, nem num lugar tranquilo… e achei o cara com cara de açougueiro… sai falando, “blz, pode deixar que eu marco” e não marquei, óbvio. Aliás, esses médicos acabam me mostrando um pouco como deve ser um médico (ou como não deve ser…)

Depois, procurando informações, me passaram o contato de um bom médico; fui, e ele disse que não era fimose coisa nenhuma, que eu tinha só o frênulo um pouco curto. Aí, ele perguntou se realmente me incomodava, eu disse que sim, então ele disse que era só fazer um pequeno procedimento, uma plástica para alongar um pouco o frênulo, resolvendo assim esse problema. Disse que o procedimento doía só a anestesia, que era simples, de simples recuperação, que demorava só meia hora. Resolvi fazer, já que realmente me incomodava a dor… parecia mesmo que uma hora ia arrebentar…

Hoje fiz o procedimento. Muito tranquilo. Realmente, anestesias no pênis não é um negócio dos mais agradáveis… dói um pouco, mas, principalmente, é algo que assuta… injeção! Mas passado isso, é muito tranquilo… dá pra sentir quando ele faz as coisas, mas como ele disse, eu ia sentir mexer, mas não ia sentir dor… realmente, não doeu nada… Tomei alguns pontos (não sei, uns 6 a 10, eu acho… nunca tomei pontos antes, e não contei ainda…)

Quando terminou, ele disse que a recuperação era muito simples. Que não preciso nem de anti-inflamatórios, nem de antibióticos… que é só lavar cuidadosamente com água e sabão duas vezes por dia… e que em um mês, estou novo…

Bom, daqui um mês, volto pra dizer como foi. E quero que se foda se alguém vai ler e rir, querer tirar sarro… se o pau de todo mundo fosse perfeito, eu tava fudido, porque ninguém ia saber arrumar o meu…

Em tempo: terceiro dia pós cirurgia… a dor já é rara… ainda sangra um pouco o corte e tem um pouquinho de nada de pus. Acho que é bem normal. Realmente, é necessário todo um cuidado, mas a recuperação é tranquila… ainda to um tanto ansioso, nervoso… mas tentando racionalizar ao máximo, é bem tranquilo mesmo…

85 comentários

  1. Se todo mundo conseguisse lidar tranquilamente com a própria sexualidade, sem medo de fazer perguntas, ir no médico e compartilhar experiências, teríamos muitos problemas resolvidos, muito menos repressão sexual… é só perguntar por aí qtas mulheres realmente já tiveram orgasmos que a gente percebe que tem algo errado no sexo.
    Fique novo em folha e aproveite (não preciso fingir ser moralista e ficar acresentando coisinhas aqui… simplesmente aproveite do teu jeito)

    =)

  2. Verdade… ainda que não seja tãão tranquilamente assim… hehe…

  3. Imagina quantas mulheres sentem dor ao fazerem sexo e acham normal… (eu já achei, hoje acho um absurdo) Quantas mulheres fazem sexo sem vontade… Homens também, por se sentirem na obrigação de serem 24h por dia viris e sentir tesão por qualquer mulher que se insinue. Tá aí, meu primeiro texto pro jornal do CA vai ser sobre sexo! =D

  4. Eh um assunto dos mais dificeis de tratar… todo mundo finge que sabe, mas ninguem sabe… a maioria das pessoas é fechada sobre o assunto, é muito dificil falar sobre sexo de verdade, procurar deixar mais natural, e não esse monstro criado pela sociedade… Interessante, ainda que complexo, pensar como o sexo virou essa coisa que é hj… Como saiu da grécia, p.ex. e chegou nisso q é hj… (é um assunto que eu queria muito me aprofundar… mas falta tempo…)

  5. Fiz essa cirurgia a 5 dias e estou um pouco assustado. Primeiro porque tive que fazer curativos colocando sempre o pênis pra cima com pomada sobre os pontos. Segundo porque ver seu pênis um tanto inchado é complicado. Terceiro que hoje fui ao urologista e ele me disse que poderia deixar de usar o curativo, sendo necessário apenas passar a pomada cicatrizante e levantar a pele do pênis para encobrir a glande. (Minha glande fica encoberta quando o pênis está flácido- excesso de pele, não é fimose. Quando ereto a glande sai completamente mas ficava puxando pra baixo devido ao freio curto). A pior parte é fazer a limpeza já que devo puxar a pele pra baixo, expor o corte com os pontos e limpar. Tá inchado ao redor da pele que encobre a glande e o ato de expor a glande dói.
    Você que ja passou por isso Ricardo tem alguma dica? Esse inchaço aconteceu com você também?
    Obrigado pela coragem de expor isso e por ajudar muitos que como eu encontram-se angustiados…

  6. Opa.. td bem? (dentro do possível…)

    Então… eu, mesmo fazendo faculdade de medicina, tb fiquei bem apreensivo nos primeiros dias… O meu médico já disse que eu não precisava nem de curativo nem de pomada, mas depois de uma pequena complicação, tive que passar pomada tb… é, é bem estranho, mexer nos pontos é estranho, mas é tranquilo. Eu tive um certo inchaço maior que a média porque tive uma reação de rejeição (tipo alergia) ao fio do ponto… aí, tomei remédio e passei poamada e foi tranquilo. Em mais uma semana você vai estar bem mais tranquilo…

    E valeu, a idéia é essa mesmo… ajudar porque é dificil passar por isso, por mais simples que pareça, e ninguém conversa sobre o assunto…

    Qualquer dúvida e ou comentário sobre o processo, vai postando ai

    Abraço

  7. E aí tudo bem?
    Você falou que teve alergia ao fio do ponto? Você teve que retirá-los e por outros? To um pouco assustado porque acho que no meu caso arrebentaram-se alguns e agora ta sangrando um pouco. A parte dos pontos que fica na glande já está bem sequinha. Mas na junção da glande com o corpo do pênis tá um pouco aberto, uma feridinha mesmo. Acho que arrebentou algum ponto, não sei. Hoje tô no sétimo dia após a cirurgia e to um pouco preocupado com isso. Liguei pro urologista mas ele só vai poder atender amanhã. No seu caso na junção da glande com o corpo tinha ponto também?
    O pior de tudo é você lembrar de como era seu pênis antes a agora ver ele assim nesse estado, lembrar das transas “hardcore” e ficar preocupado se algum dia vai-se poder forçar igual a antes…
    É fo…
    Aliás não é fo…

    Abraço.

  8. Opa…

    Bom, sobre a alergia, não, não precisei fazer nada… tomei um anti-inflamatório pra diminuir a reação, e passei uma pomada para evitar infecções, só isso… bem tranquilo. Como tem uma semana da intervenção, é comum que comecem a cair alguns pontos… o ideal é que não tenha nada muito aberto, mas pra mim teve um ponto que demorou mais pra cicatrizar mesmo, que ficou algo mais aberto mesmo… mas depois ficou normal… Sim, eu tinha 7 pontos, da glande ao corpo… E é isso mesmo, na dúvida, vai num médico, pq aqui eu só falo o que aconteceu comigo, mas cada caso é um caso diferente….

    Agora, qto à não foda, é isso… mto dificil… mas ainda não sei como vai ser o sexo mesmo… agora q eu acho que posso começar a fazer de novo, ainda com cuidado… acho que normal, normal mesmo, só daqui uns meses… mas se para de doer como as vezes doía antes, tá mto bom… o processo é mais longo do que tinham me dito (o médico primeiro falou um mês, depois um poco mais… agora to vendo que pra completar mesmo, deve ser de 2 a 3 meses…)

    É isso, qualquer coisa, vamo trocando idéia ai…

    Abraço

  9. Fui ao urologista (leio o post anterior) e ele confirmou que realmente tinham arrebentado dois pontos e por isso estar um pouquinho aberto. Mas que o fato dos pontos arrebentarem é até um pouco comum, já que inevitavelmente todo homem tem ereções noturnas, involuntariamente. Mas que isso não era um problema.
    Apenas que eu devo continuar passando a pomada que vai melhorar.
    Agora me sinto bem mais tranquilo.
    Sinto que agora sim a cicatrização começou de verdade. Ufa!
    Hoje estou no 8º dia de recuperação e já está tudo mais tranquilo.
    Só é incômodo um pouco na hora da limpeza, pois a região dos pontos fica bem melada de pomada e como deve-se retirar toda a pomada antiga pra por uma nova, esse processo dói um pouco já que a região dos pontos está mais sensível.
    Mas no mais, depois que a limpeza é feita e se põe a pomada, fica tudo bem!
    Agora só vou no urologista daqui a uma semana pra ele dar uma olhada e ver se está tudo bem.
    Ah! Em relação aos pontos, segundo o urologista, ele disse que demoram bastante a cair. Já vi comentários que caíam com 5, 7, 8 dias.
    Não sei até que ponto isso é verdade. Mas enfim.
    Vou continuar postando aqui sobre a minha experiência.
    Abraço.

  10. Leiam sobre os comentários que o médico judeu Maimônides escreveu, a respeito do objetivo oculto da circuncisão: a consequente redução da luxúria (prazer sexual). Poucas pessoas têm coragem de dizer isso, embora todo mundo condene [e com razão!] a clitoridomia.

  11. Fala Antonio
    Acho que é isso mesmo, os primeiros dias são muito ruins porque parece que não ta melhorando nada, que não tem nada cicatrizando, mas quando se começa a ver melhora, acho que eu comecei a ficar bem mais tranquilo… agora, são mais uns 10 dias meio ruins, mas melhorando muito.
    E os meus primeiros pontos cairam bem cedo, mas por causa da reação… depois que comecei a tomar o antiinflamatório, o ritmo diminui muito…

    Valeu pela contribuição, ajuda muito pra galera que tem duvida… e essa parte do que a gente pensa, sente, nenhum médico explica como um paciente consegue explicar…

    Abraço

  12. Só pra marcar umas coisas:
    – não tenho a menor idéia se é para isso mesmo a circuncisão, mas se alguém quiser ler; só ressalto que muitas, muitas coisas em medicina, passam por duas, três, quatro diferentes opiniões; ainda assim, também não sei dizer que não é isso…
    frenuloplastia NÃO É cirurgia de fimose (que na prática religiosa judaica é feita em bebês e conhecida como circuncisão). Frenuloplastia eu já dei uma boa explicada, mas é o alogamento cirurgico do frênulo peniano, porque quando esse é encurtado, causa dores nas relações sexuais e pode romper, causando hemorragia e dor. ‘Fimose’ eu não sei muito bem, mas consta na plástica da pele que recobre o pênis, pois esta acaba limitando/atrapalhando a relação sexual, causando dor, dificuldade de penetração, e outros problemas.
    – mas sem duvidas, a retirada cirurgica do clitoris em mulheres, prática que acontece ainda na África, que eu saiba, para que elas não tenham prazer é absolutamente condenável, e se efetivamente a circuncisão for para isso, é condenável também por esse motivo. Aliás, discordo de qualquer ritual religioso que afete fisicamente a pessoa e que seja feito contra a sua vontade (e não preciso dizer que um bebê ainda não pode opinar sobre a sua vontade, portanto não deveria sofrer tal ritual); e sim, debates sobre religião podem ser polêmicos, mas se ficar numa forma respeitosa, eu acho muito importante.

  13. Continuando com os posts…
    Hj estou com 12 dias pós-cirurgia e está tudo muito bem. Hj caiu meu 1º ponto efetivamente (já que dois tinham arrebentado com 6 dias de cirurgia). Agora sim consigo perceber efetivamente os efeitos positivos da frenuloplastia. Estou muito contente porque noto que não tenho mais o problema da pele ficar puxando a glande pra baixo. Consigo esticar a pele todinha (mesmo ainda com os pontos) e a glande fica normal. Não fica mais sendo puxada pra baixo. Acabou totalmente a dor. A parte que ficou um pouquinho aberta devido aos pontos terem se arrebentado, já está quase que cicatrizada. Diariamente uso uma pomada cicatrizante (que foi receitada pelo urologista) e isso tá me ajudando bastante. Acredito que o pior já passou.
    É um pouquinho incômodo ainda só fazer a limpeza da pomada sobre os pontos, porque espeta um pouquinho. Nada demais.
    É isso aí… vou continuar postando todo o processo aqui… (vai que ajuda alguém de alguma forma…)
    Obrigado ao Ricardo Xis pelo espaço…
    Abraço.

  14. Opa, magina… eu que agradeço por enriquecer o blog…
    É, acho que posso dizer que os primeiros 10 dias, talvez 15, são os piores… depois disso, as coisas vão tranquilas.
    Tive uma conversa com um amigo esses dias, que fez tanto essa cirurgia quanto a postectomia (para corrigir fimose), e ele disse que uma coisa que ele demorou pra se acostumar é com a parte que tem a cicatriz (onde havia o frênulo). Demorou bastante…
    Mas é isso, valeu pela ajuda no blog
    Abraço e boa sorte aí

  15. Continuando com os posts…
    Fiz a visita ao urologista (com 14 dias pós-cirurgia).
    Após cair o 1º ponto os outros foram caindo um por dia. No dia da visita só me restava 1 ponto, e este último caiu ontem (17º dia pós cirurgia). A visita ao urologista foi tranquila e ele disse estar tudo bem, mas que mesmo assim continuasse passando a pomada por mais uma semana. E que dentro de duas semanas já estaria apto a fazer sexo novamente, mas de maneira calma e com cuidado, sem forçar muito.
    Falou que a recuperação total mesmo se dá mais ou menos com 2 ou 3 meses.
    O lugar da cicatriz ainda está sensível, noto que é como se estivesse formando tecido epitelial pra cicatrizar.
    Então o jeito é esperar mesmo até cicatrizar totalmente, pra não arriscar de abrir novamente.
    Quando tiver meu 1º contato sexual pós cirurgia eu comento aqui.
    Abraço.

  16. Já tive meu 1º contato sexual pós cirurgia. E pra falar a verdade dói um pouco o lugar da cicatriz. Afinal ela fica toda esticada durante a ereção e mais ainda quando ocorre a penetração em si. Fiquei com medo de arrebentar e por isso teve que ser tudo devagarzinho, na calma, sem forçar. Mas sinto que a cada dia melhora mais. Outro ponto é que a cicatriz fica bem sensível. Sem falar no emocional de ficar preocupado de arrebentar. Enfim… to quase completando um mês pós-cirurgia. E acho que 100% mesmo só daqui a mais um mês. No seu caso Ricardo, você também sentiu isso (um pouquinho de dor/incômodo (com a cicatriz toda esticada) durante as relações?
    Abraço.

  17. Bom, respondendo…

    É isso mesmo, a primeira vez foi bem dificil… na verdade, eu tive um tentativa um pouco antes de um mês, mas não consegui… doía ainda… tentei uns 15 dias depois, e daí rolou, mas ainda devagar… mas já na última vez, foi bem tranquilo.. ainda é um pouco sensível, mas nada de mais… passando lubrificante fica bem tranquilo.
    É isso, de agora em diante, só melhora… o que eu ainda não testei, é uma longa sequencia de dias fazendo sexo todo dia… Porque era nesse tipo de situação que eu sentia bastante dor antes… quero ver se agora eu não sinto mais essa dor… mas pra isso, só nas férias…

    Abs e melhoras

  18. Pessoal.. fiz a cirurgia de frenuloplastia há 20 dias. Ontem, tentei me masturbar pela primeira vez. Fui bem devagar e consegui chegar lá. Só que agora meu pênis está muito inchado. Alguém passou por isso? Estou muito arrependido de não ter esperado um mês.

  19. Olá. Partircularmente não passei por isso ainda que depois da primeira vez tenha ficado um pouco dolorido mesmo… Sugiro que caso não comece a melhorar em um dia ou dois eh aconselhável ir no medico. O inchaço eh normal de uma área inflamada como qualquer área que passou por cirurgia… Mas êh intressante ficar atento.
    Abs

  20. Olá Ricardo! Obrigado pela resposta. No mesmo dia coloquei gelo e meu pênis desinchou. No outro dia estava com o aspecto de antes. Esperei um pouco mais de uma semana e ontem, 29, me masturbei novamente. Até que enfim voltou ao normal! Sem inchaços e sem dores. Tudo normal.🙂 Agora minha dúvida é outra, talvez bem maior que a anterior: quando fiz a consulta para a cirurgia de frenuloplastia o médico me disse que depois de ter me submetido ao procedimento, sempre que eu ficasse excitado, minha glande sairia pra fora. Isso NÃO aconteceu. Sempre que fico excitado, a pela continua lá, cobrindo a glande. O estranho é que o médico disse que eu não tenho excesso de pele. Se quando flácido eu coloco a pele para trás e fico excitado, o freio não atrapalha mais. Porém, sinto dor por “enforcamento da glande”. Acho que a pele precisa estar mais relaxada para que assim que a ereção ocorrer, ela ir pra trás. O que eu tenho medo é na hora de colocar o preservativo, já que a camisinha vai forçar a pele para trás, podendo causar dor, como antigamente. Foi-se o freio, ficou-se a pele. Como o pênis de vocês, operados de frenuloplastia,fica quando estão excitados? A glande sai pra fora totalmente? Aguardo respostas! Muito obrigado, Abs.

  21. Desculpa a demora, ando sem tempo pra passar e responder por aqui…

    Respondendo com pressa… não, eu não tenho esse problema… a glande nem sempre fica exposta logo que tenho a ereção, mas é exposta depois as vezes, com os movimentos, e não dói nada. Se você ainda sente dor, pode ser que tenha que corrigir alguma outra coisa, por isso é bom falar com o médico. Quando eu fiz a frenuloplastia, ele disse que se não ficasse bom, teria que fazer fimose também, mas não foi meu caso…

    Se ainda tiver duvida, pergunta ai, que eu tento responder em tempo…

    Abs

  22. Voce de algum modo se arrependeu de fazer essa cirugia? Andei pesquisando e vi que tem gente que se arrepende de fazer a frenuloplastia.
    Mas nao diz o porque.
    Gostaria de saber os pos e contras dessa cirugia para saber se caso precise eu na vou me arrepender depois ja que tenho tido problemas com o freio.
    Aguardo resposta com certa urgencia.

  23. olá galera na real fiz esta tal FRENULOPLASTIA 26/02/2011 sabado pela tarde muito rescente para informar os efeitos prós e contra vou deixar passar uns dias e volto a informar como me sinto pois ate agora tou na base do medo ainda o medo de tocar no lugar dos pontos uma barra para lavar mais o incrivel é que não sintir dor nenhuma nem durante nem depois da cirurgia um abraços a todos qualquer dúvida me add no msn karlinhosb@hotmail.com

  24. Ricardo boa tarde

    Fiz a cirurgia dia 18/08 as 19:00 horas.Fiz a retirada do freio e quando em repouso tenho excesso de pele mas consigo expor a glande e por isso o doutor fez so a retirada do freio.Hoje vai completar o terceiro dia e so consigo visualizar os pontos da pele, pois parece que está inchado e n consigo expor a minha glande…Pra limpar puxo ate onde da e deixo a agua cair depois seco a parte que consigo.É normal isso??Me preocupa pois antes conseguia expor a glande pra fora , mas depois da cirurgia não…É pra preocupar??Sera q vou ter q tirar esse excesso?Ou na medida que vai passando o tempo ele vai desinchar??Pq minha consulta é so dia 05/09…Abraço!

  25. Oi Daniel

    Então, não gosto muito de comentar esse tipo de coisa à distância, porque seria irresponsabilidade. Então, sobre sua pergunta se é normal ou não, realmente não sei.

    O que eu posso dizer é que, com certeza, há um inchaço importante na pele da região, porque sofreu um ‘trauma’ relativamente importante e é bem sensível e muito vascularizada. De qualquer jeito, a minha situação é bem como você descreve a sua, de ter excesso de pele mas conseguir expor a glande, e por isso não fazer a cirurgia de fimose direto, fazer antes a frenuloplastia. No meu caso, ficou tudo certo depois…

    Agora, o que eu sempre digo por aqui… se achar que está estranho, especialmente se estiver quente e vermelho – além do inchado – vá a um médico. Qualquer pronto socorro, serviço de pronto atendimento, sabe pelo menos ver se está tudo normal ou se está infeccionando. Outra coisa, no meu caso, eu demorei um dia ou dois pra conseguir expor a glande, mas é muito importante tentar, para poder realizar a limpeza adequada. Se depois de uns quatro dias ainda não for possível, eu recomendaria um médico. Eu mesmo tive um pouco de infecção no processo e fui num pronto-socorro, e foi importante pra ficar tudo certo.

    Por fim, sobre a necessidade de vc tirar depois o excesso de pele, só dá pra saber com certeza depois, mas pra mim não foi necessário

    Abraço

  26. Eu pretendo me consultar , mas pelo fato de eu ter apenas 18 anos estou com vergonha, pois nao sei como flar a minha mae q preciso fazer essa cirurgia de frenuloplastia. Eu posso operar e nao precisar de ninguem p/ mim ajudar nos procedimentos? Tem essa cirurgia pelo SUS? na rede privada quanto custa em media?

  27. Oi Henrique.

    Cara, algumas coisas:
    1 – Ow, não tem que ter a menor vergonha de conversar disso… não precisa dizer do que, mas pode dizer só ‘preciso ir num urologista’. Todas as mulheres devem ir num ginecologista (acredite, sua mãe também), e os homens devem ir aos urologistas…

    2 – de qualquer jeito. Você, como maior de idade, tem direito a consulta confidencial, e não precisa de ninguém ajudando no pós-operatório. Eu recomendo ainda a conversar com a sua mãe, ou deixar o médico fazer isso por vc… tipo, ela vai com vc, e vc pede pra ele explicar pra ela. É bom, pq se tiver alguma complicação – eu, por exemplo, tive uma pequena infecção no lugar da cirrugia – ela pode te ajudar mais facilmente.

    3 – a cirurgia é feita pelo SUS sim… aliás, o SUS faz tudo. O foda é que falta verba e as filas acabam sendo grandes, mas o único lugar que faz de tudo é o SUS. Além do SUS, tem em convênios também, e em particular, foi em torno de R$ 500,00 quando eu fiz.

    Qualquer duvida, pergunta ai…

    Pros outros que por acaso visitam esse blog, que é de poesia, mas por um acaso fala de frenuloplastia tb… como vocês falaram com a família de vocês??? Pra mim foi muito tranquilo, mas talvez o fato de eu fazer medicina tenha me ensinado a conversar com as pessoas… e vocês? Falaram com o pai? Mãe? Ajudem aí, que essa é uma das poucas perguntas realmente novas por aqui…

  28. Ja amadureci mais essa ideia! vou procurar um urologista, sem problemas! estudo p/ passar em medicina também.
    O meio receio maior era o pós-operatório, se tinha como me virar sozinho pq moro só e nao fico com meus pais. vlw, abraço.

  29. opá, voltando aqui só que para outra pergunta!
    ée vc teria um outro email que eu poderia
    enviar outra pergunta. vlw

  30. Boas,

    Fiz a operação há cerca de 1 mês e actualmente possuo uma espécie de saliência no lugar do freio (tipo um cravo na pele).

    Eu não acho nada bonito nem estético, mas não sei se é normal ficar assim neste tipo de operação.

    Quando fui à consulta passados 7 dias da operação perguntei ao urologista se aquilo ficaria assim, ele disse que estava apenas inchado. Mas a verdade é que passado este tempo todo está igual.

    Alguém aqui teve algo parecido?

    Cumprimentos

  31. Ricardo Boa Noite!!

    Estou com algumas duvidas a respeito dessa cirurgia(frenuloplastia)

    Você sentia incomodo com o freio curto?
    Você notou algum aumento no cm do pênis apos a cirurgia e a recuperação?
    O freio curto do pênis durante esse tempo todo pode ter atrapalhado o crescimento do pênis?

    Se pode esclarecer essas dúvidas desde já agradeço.

    Abçs

  32. Oi.

    Cara, eu fiquei com algo semelhante a uma cicatriz, bem na linha do frênulo… não me incomoda, e acho que, apesar de não ser o habitual, não é algo que alguém note na hora de fazer sexo… Ainda assim, se te incomoda, tem que falar com um médico.

    Cicatrizes são normais, posto que é uma cirrugia(zinha) – aliás, toda e qualquer intervenção desse tipo terá cicatriz… a questão é como deixá-la discreta. A minha, acho que ficou boa.

    No mais, quem puder, deixe aí sua opinião também, porque realmente nunca vi o pessoal comentando disso.

    Ricardo

  33. Thiago.

    Sim, eu sentia incomodo. Praticamente qualquer relação sexual doía – normalmente não o suficente para eu não fazer sexo, mas chegou uma ou outra vez a esse ponto, com pequenas fissuras e um pouco de sangramento, bem pouco. Mas sei de gente que inclusive rompeu o frênulo (e daí, além da dor, tem que esperar cicatrizar, que é rápido, e pode ter que fazer o procedimento do mesmo jeito, pra não criar fibrose).
    Não, não notei diferença no tamanho do pênis. Acho que nos casos mais acentuados, pode haver alguma diferença, mas meu caso não era tão curto assim o freio (na verdade, não sei se há ‘crescimento’ mas se ele fica arqueado, vai ficar, aparentemente, mais curto do que se ficar reto… como esticar uma curva: tem o mesmo comprimento, mas fica mais ‘comprido’.)
    E eu acho – e daí, não tenho nada científico nem empírico sobre o assunto – que não altera o crescimento não; penso isso, porque a maior parte do tempo, o pênis não está ereto, e o seu crescimento se dá muito mais com ele dessa forma. Como o freio curto só afeta realmente nos momentos de ereção, acho então que não há grande diferença no crscimento.

    Como já dissemos antes, o ideal é conversar com um médico (e se puder passar as respostas dele sobre essas dúvidas pra gente, é sempre interessante. Especialmente essa última, que ninguém nunca tinha perguntado, e pode ser a dúvida de mais gente).

    Abraços

  34. Quanto custa essa intervenção cirurgica? É possivel fazer pelo SUS? Não tenho condições de pagar, e sofro demais, dói muito, e atrapalha até na minha ereção, afinal ninguem consegue manter a ereção se está sentindo dor.

  35. Oi

    Na época, a minha custou +- R$ 500,00. O SUS faz sim. Você deve procurar o médico da UBS da sua região, e ele te encaminha para um urologista. Talvez demore, mas é feita no SUS sim.

  36. Oi,

    Visitei um urologista reclamando de Ejaculação rápida e às vezes sentia que rasgava um pouquinho em algumas relações sexuais.
    Segundo ele essa cirurgia pode ajudar para que a ejaculação não seja mais tão rápida pois diminui a sensibilidade na glande, isso é verdade?
    Outra pergunta, ele me falou que pode fazer o procedimento no seu consultório, sem a necessidade de ir a um hospital, posso confiar?

    Valeu!

  37. Oi Edmilson

    Eu não senti diminuição da sensibilidade não. Mas talvez, se essa for a intenção do cirurgião, ele consiga tal resultado. Essa aliás, é uam das coisas que eu mais vi controvérsias, sobre a sensibilidade.

    Sobre o procedimento, sim, pode ser feito no consultório sem problemas. Tem que ser com tudo esterelizado, descartavel, etc, mas pode sim… são pequenos cortes e pontos, muito simples. Anestesia local, bem de boa.

    Abraço

  38. Olá eu estou sentido dores no pênis quando vou fazer sexo , principalmente quando fico deitado de costa e a mulher vem por cima, fui no medico e ele disse para fazer a frenuloplastia, só que tenho duvidas, gostaria de fazer e ficar em sigilo inclusive da minha familia , moro com meus pais, sou maior de idade, se eu fazer esta cirurgia será que eu consigo voltar dirigindo sozinho do consultorio depois da cirurgia? consigo trabalhar no dia seguinte ou vou sentir muita dor e terei que faltar ao serviço?

  39. Viva Sidney,

    Vou responder pelo Ricardo, espero que ele não se importe. A minha operação demorou 20/30 minutos, saí do consultório pelo meu próprio pé e fui para casa. Trabalhei no dia seguinte sem problemas. Apenas vejo algum problema se você fizer trabalho que exija esforço, pois pode rebentar algum ponto.

    Não percebo é porquê esconder a operação da sua família. Também vivo com os meus familiares e contei abertamente o que se passava, sem qualquer problema.

  40. Maynard, pode responder sim… o blog é meu, mas o espaço é de construção coletiva… e sua resposta foi bem o que eu ia dizer mesmo.

    Sidney… cara, realmente, acho que não faz muito sentido esconder da família. Mas se for esconder (também não sou eu quem vai te obrigar a contar), é importante que você conta pra pelo menos uma pessoa de confiança e que possa te ajudar… porque assim, de todo mundo que postou aqui, ninguém comentou de problemas sérios, ninguém mesmo. Mas como qualquer procedimento que envolve corte e pontos, pode infeccionar, bastante até, e você pode precisar voltar no médico; pior, você pode estar com dificuldades de ir sozinho (dor, inchaço, sangramento…) e pode precisar de ajuda. Volto a dizer, é raro, mas se acontecer, precisa ter alguém pra pedir uma força (amigo, parente, namorada…)

    Outra coisa, você não precisa faltar no serviço não, mas de repente, era uma boa, a depender do seu emprego… sinceramente, pensa bem se é tão ruim assim conversar com seus pais (sim, é dificil, eu sei. Eu tenho uma relação muito aberta com meus pais e mesmo assim não foi fácil falar, pedir contato de um médico de confiança e tudo mais… mas depois da parte difícil, eles me deram uma força importante).

    Agora, se você tiver sobrinhos/primos/irmãos pequenos, toma cuidado, que se eles não souberem, pode te acertar… (é meio brincadeira pra descontrair, mas é meio sério também… até cachorros podem ser problema nos primeiros dias).

    Boa sorte aí, e relaxa que é mais comum do que se imagina ir ao urologista, ter problemas com sexo (mas as pessoas falam tão pouco nisso que até um blog meia boca igual o meu tem um monte de leitura e comentário…)

  41. Ricardo depois da cirurgia você sentiu melhora de 100% como dizem??
    vlw

  42. A minha ficou mto boa, fina, bem onde era o frenulo… acho que eu até sei que ela tá lá, mas não atrapalha nada. E se alguém chegou até lá, é dificil imaginar que a cicatriza mude alguma coisa…

  43. Olá,

    Achei bem legal quando achei esse post e vi tantas informações e comentários relevantes a respeito desse tema, algo que estava procurando há um tempo! Parabéns pela iniciativa, Ricardo!

    Gostaria de tirar uma dúvida, que não tenho certeza se já foi comentada aqui: alguém sabe de algum caso em que a pessoa fez a frenuloplastia, e só depois de um tempo fez a cirurgia para fimose (postectomia)? Porque o meu médico falou que o ideal seria eu fazer as duas coisas simultaneamente, mas como fiquei meio receoso de fazer a cirurgia para fimose, ele falou que posso fazer apenas a frenuloplastia. Gostaria de saber se alguém passou por um caso parecido, e depois sentiu a necessidade de fazer a postectomia, e se escolheu fazer ou não.

    Além disso, quando se fala em postectomia, é sempre a retirada total da pele que cobre a glande, deixando-a completamente exposta?? Ou pode ser apenas a retirada de um excesso? Eu consigo puxar a pele e expor a glande, só que com certa dificuldade. Não é muito confortável, principalmente quando ereto (daí consigo expor até a glande, mas puxar mais que isso já se torna doloroso). Alguém já passou por um caso parecido e optou apenas por frenuloplastia, e não postectomia junto? E como foi?

    Novamente, parabéns ao autor do post e a todo o pessoal que compartilhou seus comentários aqui! Tenho certeza que tem ajudado mta gente!!

    Grande abraço!

  44. Oi.

    Vou responder meio rápido…

    No meu caso, havia também uma possibilidade de fazer postectomia (fimose). Mas eu não fiz, e o próprio médico disse que se eu fizesse a frenuloplastia e resolvesse, nem precisava da postectomia.

    No seu caso, pelo que você contou, é uma indicação mais ‘indicada’ de postectomia (dificuldade em expor a glande com ereção). Mas não sei exatamente se tem que fazer. Acho que fazer em dois tempos pode ser mais tranquilo, mas por outro lado, são duas recuperações. Talvez, fazer logo uma vez só implique em uma recuperação só.

    Conheço gente que fez a postectomia, e me pareceu muito tranquilo (em geral, as pessoas não conversam muito sobre o assunto…).

    Por fim, não sei direito da técnica cirurgica, por isso não sei te dizer, mas imagino que fique como nas circuncisões, com a glande exposta na maioria do tempo (não sei se sempre, porque a variação de tamanho do penis é muito grande entre a ereção e a flacidez…).

    No mais, valeu pelo parabéns. Devia ser comum as pessoas falarem sobre isso… penis é tão normal quanto perna, sexo é tão parte da vida da gente quanto comer ou beber água… ainda assim, um grande tabu.

    Abraço e boa sorte.

  45. Olá Ricardo,

    Valeu pela resposta, cara!

    Pois é, vou conversar direitinho com o urologista e ver se escolho apenas a frenuloplastia, ou se opto pela postectomia tb!

    Pois é, eh curioso ver como tem gente querendo falar disso, mas acaba sendo impedida pelo fato desse tipo de conversa não ser mto comum.. eu mesmo tinha um montão de duvidas, e além de tirá-las com o urologista, achei que aqui foi um espaço ótimo pra fazer isso também, principalmente pelas experiências de quem passou pelo processo!

    Falando nisso, já vai fazer quase 2 anos que você fez a cirurgia, né Ricardo? Como estão as coisas atualmente? Existe algum aspecto da cirurgia que te causa problemas hj em dia, ou algo que te decepcionou, q vc esperava diferente…. ou ela foi totalmente benéfica e acabou com aquelas dores e incômodos todos q vc comentou?!

    Grande abraço, cara! E parabés de novo pela iniciativa!

  46. Fiz a cirurgia ha 4 dias e hj, no 4º dia, qdo fui fazer a higienização pela manhã, o ponto mais próximo da junção entre a pele e a glande estava mto dolorido e parecendo que estava um pouco mais aberto que os outros. Nao consegui mais higienizar, pois, para retrair o prepúcio, ha uma dor considerável. Fiquei preocupado. Sera isso normal? Aconteceu com alguem?
    Agora estou com receio de na hora d limpar doer de novo… =/

  47. Olá, fiz essa operação dia 24/03 hj é apenas o 2º dia pós operação.
    sempre q vou ao banheiro mijar limpo logo em seguida o pênis com polvedine, passo a pomada indicada pelo medico e tals… mas ainda não fiz uma coisa. Como o matheus disse ae em cima, ele tem receio de puxar o prepucio e doer, e eu ainda não tive coragem de puxar todo o prepucio para baixo e lavar bem na região da glande, tbm tenho medo de doer, estou pensando em ir ao medico logo p/ ele me indicar um jeito certo de fazer a higienização do local…

    queria saber se os pontos quando caem sozinhos, eles vão parar em cima da glande? ou ficam lá no meio, entre a glande e o prepucio e a gente tem q esgarçar para tira-los?

    to com medo de esgarçar meu penis e doer =/

  48. Oi Diego

    Então, você tem que expor a glande para fazer a limpeza, expondo os pontos consequentemente (imagino que é isso que voce chama de esgarçar o penis…).

    E os pontos, caem em geral na limpeza, ou seja, com a glande exposta. Expor a glande não é tão dolorido assim não, é mais “aflitivo”. Mas se você tá com dificuldade, faz isso mesmo, vai no médico e fala “Não to conseguindo fazer isso”.

    Uma dica é, no banho voce ir puxando a pele (prepúcio) bem devagar, com a água caindo; a água deixa a pele mais maleável, o que causa menos dor. Daí, pra limpar, faz espuma com o sabonete e usa essa espuma nos pontos – porque a espuma não vai machucar os pontos. Não precisa esfregar, só passar devagar a espuma nos pontos. Isso foi o que eu fiz, rolou tranquilo, apesar da aflição de mexer nos pontos. Depois que você fizer uma vez, vai ver que é tranquilo.

    Agora, se começar a fazer e doer muito, para e fala com o médico.

    boa sorte

  49. Obrg, Ricardo😀

    Fui ao medico e expliquei a situação, e ele disse q é pra eu continuar limpando direitinho e ir sempre forçando até a hora q eu conseguir por a glande toda pra fora, e q era pra eu não me preocupar q os pontos iriam sair com o tempo.

    Obrg pela dica, no meu proximo banho vou fazer isso e espero q dê certo comigo rs

    vlw

  50. Ricardo, parabéns, cara! Que iniciativa sua, há tempos que eu procurava um blog assim, acredito que vc nem imaginava que fossem chover tantos comentários assim. Na verdade, eu fiz essa cirurgia dois dias atrás e tava procurando algo sobre como fazer curativos. Se me permite, vou descrever o porque resolvi fazer essa cirurgia de fenuloplastia, desde o píncipio. Obviamente, para tirar qualquer dúvida, pois vc já sanou praticamente todas. E outra coisa – acredito que vc será um excelente médico- parabéns! Bom, tudo começou há uns 4 meses atrás. Tenho 40 anos, e nunca tive problemas. Mas nesse meio tempo, comeceii a sentir um incomodo leve, durante e depois as relações sexuais. Nada que atrapalhasse o orgasmo. Porém, um mês atrás, ficou crítico. A dor fez com que eu não atingisse mais o orgasmo, porém, não interferiu na ereção. Depois disso tentei mais duas, vezes, uma atingindo o orgasmo, a outra não e com um leve sangramento. Bom, conversei com minha parceira, e resolvi procurar um urologista. Primeiramente, fui ao SUS, e fui muito bem atendido, o urologista me disse que meio frênulo (freio ou cabresto) estava curto e “fino” e que era caso de umaBem, no dia da cirurgia, confesso que estava um pouco nervoso, pois havia procurado blogs sérios como o seu e não achei nada, então fui meio às escuras, embora meu médico havia me dito que seria “zás-trás”, simples e rápida. Por via das dúvidas, levei minha parceira como acompanhante. E ela também se ofereceu. Porisso achoo que não tem nada de mais compartilhar isso com pessoas que vc gosta e confia. Isso não é uma doença. Bem, a cirurgia foi no consultório mesmo, aonde foi necessário tirar toda a roupa (fui de calça jeans, cueca, normal) aí, coloquei um avental e deitei na mesa (ou maca), a assistente colocou uma placa de ferro nas costas, e colocou um lençol cobrindo para que eu não visse o procedimento. Aí veio o médico, me acalmando e explicando todo o processo. Fui preparado como uma cirurgia mesmo, nunca havia feito, mas basicamente é como quando vc vai levar uns pontos num corte. Foi passado um antissépitco gelado na area, inclusive no escroto, e até nas coxas. Detalhe, eu mesmo passei a maquininha na área, para retirada dos pelos, em casa.só na area gennital e escroto. Bom, na hora da anestesia, foi uma picadinha bem de leve e um ardorzinho muito suportável. Foram duas picadinhas, que eu percebi. Nada assustador. Lógico que vc fica tenso na maca. Normal!, Mas não precisa de ter medo! Daí pra frente, só sentia mexer e não senti absolutamente dor nenhuma. Durou mais ou menos 20 a 30 minutos. Tinha uma música no consultório, foi super tranquilo. Acho que demorou mais os pontos, acho que foram em torno de 10 a 15, não dá pra contar pois é um fio bem fininho e meio incolor. Após a cirurgia, foi feito um curativo com uma pomada apenas (não vou citar nomes de medicação isso seria uma irresponsabilidade)
    Saindo da cirurgia, a assistente me pediu para colocar a roupa normalmente. Voltando à sala, o médico me deu um comprimido sublingual, para evitar que houvesse qualquer tipo de dor. As recomendações foram bem simples. Dieta, normal. Curativo, pomada duas vezes ao dia durante sete dias, após lavar bem o local com agua e sabonete (no banho, mas bem de leve). Gelo, num saquinho e um pano, sobre a cueca, durante 10 minutos duas a tres vezes ao dia para evitar inchaço. Analgésico, só em último caso se houvesse dor. Urinar normalmente, puxando a pele e expondo o canal urinário para não deixar acumular urina no local, e se possível, após urinar, secar com uma gaze, nos primeiros dias. E, como trabalho com serviço que requer pegar peso, me foi fornecido 5 dias de atestado.Relações sexuais suspensas até segunda ordem.
    Meu pós operatório foi assim. Passado o efeito da cirurgia (mais ou menos 30 minutos depois) começou no local um ardorzinho muito de leve. Na verdade, eu queria urinar e tive medo de expor a glande. Mas foi tranquilo. Sequei, certinho, e fui fazer a compressa de gelo. Pra falar a verdade, o gelo ardia mais que a cirurgia. Mas fiz certinho. Dor, dor, totalmente suportável, nem analgésico tomei. Fiz a cirurgia as 17:00, noutro dia pela manhã nem dor eu sentia mais. Nada. só de levezinho. O banho pela manhã foi tranquilo, deu para expor a cirurgia normal, deu pra lavar,com agua e sabonette é só incomodo mesmo os pontos são muito fininhos, dá uma sensção ruim, mas lava, seca com uma gaze, aplica a pomadinha, recobre a glande e pronto. Normal. Hoje é o terceiro dia, No primeiro dia saiu uma pouquinho de sangue, meio que aguado, não é aquele sangue vermelho vivo. No segundo dia, parou. Ainda tá´um pouco inchado e sensível, mas to fazendo tudo certinho. Apenas uma areazinha no incio e no fim da cirurgia que tem um ponto branco parecendo pus, mas como já vi neste incrivel blog, é decorrente da pomada. Como eu disse, estava procurando alguma coisa relacionada a curativo, mas acredito estar fazendo tudo direitinho. O fato de eu ficar em casa ajuda, pois no meu serviço isso seria impossivel, pois é um ambiente que tem muita sujeira, poeira, graxa, etc. Espero ter ajudado alguem em relação a cirurgia. Foi super simples e rápida. Dava mesmo pra ir sozinho ao consultório. Importante, só fiz pois me incomodava demais. Isso aos 40 anos. Tudo depende da avaliação de um bom profissional urologista. Abraços, e mais uma vez parabéns, Ricardo, pelo blog.

  51. Valeu pelo elogio Ismael, mas o blog só é como é porque as pessoas, assim como você, constroem ele. Se fosse só o meu depoimento, ia ser bem mais pobre.

    Boa sorte aí.

  52. Valeu, Ricardo, mas quase ia cometendo uma injustiça seríssima contigo!!!! Por acaso achei este TÓPICO do blog sobre flenuloplastia, mas o blog originalmente se chama “pedras e poesias”, então, dando uma conferida melhor no resto do conteúdo achei essa pérola de poesia chamada “jogos florais” versão 1 e 2… simplesmente hilário! De autoria do poeta Cáucaso. Dica a todos. Além de ver este tópico, vale a pena dar uma conferida no restante do blog pois com certeza será, além de uma maneira de se adquirir cultura e conhecimento, uma navegação diverida. Sensacional!

  53. ops, deixe me corrigir – o nome do poeta não é Cáucaso, mas sim Cacáso (Antônio Carlos de Brito). Só por correção. Não vamos nos desviar do tópico flenuloplastia. Valeu.

  54. Oi Pessoal !
    Por favor,se algum puder me responder uma duvida,é verdade que após uma cirurgia de frenuloplastia,se não houver relação sexual constante,o frenulo pode voltar a “colar” como era antes da cirurgia?

  55. desde já, gostaria de agradecer a galera pelos esclarecimentos…

    galera, fiz a cirurgia há 6 dias.quanto ao pós operatório, o que me incomoda é o inchaço abaixo da glande (cabeça).. é como se tivesse uma bolsa com água abaixo da glande..
    alguém sabe dizer se é normal?
    abraços!

  56. oi pessoal fiz a frenuloplastia a 8 dias na parte superior na glande ficou tipo uma feridinha tamanho de um ponto final pequena mesmo que esta sangrando as vezes gostaria d saber s isso aconteceu com alguém s é normal se passou alguma coisa um detalhe me parece que foram 4 pontos me parece que três arrebentaram fui ao médico disse que estava bem ate então não sangrava aguardo respostas

  57. Galera eu fiz essa cirurgia a 3 dias…alguem sabe me dizer se quando eu me recuperar vou conseguir expor a cabeça do pênis quando ele estiver ereto?

    porq nesses dias pós operação ele ficou e eu não consegui😦

  58. fiz ontem minha cirurgia… estou tendo mta dificuldade em controlar a ereção..quando vou urinar… e arde mto… eu tive sangramento tb… acho que é normal… rsrsrs alguém ja está bem recuperado? o médico nao me passou nenhuma pomada pra cicatrizar… alguem usa

  59. pessoal fiz a minha cirurgia faz sete dias ,e realmente é muito ruim puxar a glande para fazer a limpeza,sempre sangra um pouco . é preciso puxar a glande todo o dia, ou pode ser de 2 em 2 dias? porque parece que se puxar nao sara nunca,

  60. Cara, tem que puxar todo dia sim. Tenta fazer durante o banho, bem devagar… Pq a limpeza do corte eh fundamental para uma cicatrização adequada.

  61. Olá, tenho 17 anos….
    Fiz o procedimento/cirurgia, 18/12/2013…Antes do procedimento, masturbava-me umas 2 vezes por dia.
    O que doeu mais, foi a anestesia….o procedimento não doeu, apenas no final, senti umas ligeiras impressões….Correu como esperado. Nos 2 primeiros dias, quando ia limpar, notava algum sangue, no dia de hoje já nao.
    No 3º dia nao consegui resistir e mastrubei-me, depois tive algumas dores, notei algum sangue.
    Já me masturbei mais duas vezes, mas nao sei se será seguro, mas nao consigo resistir…
    A ultima vez que masturbei, notei um fio na glande, era um ponto, mas já tinha pasado 6 dias. Acho que no sítio de onde saiu um ponto, ficou um altinho, vermelho, no meio de outros 2 pontos…
    Tenho várias duvidas, que penso que me poderam esclarecer, senao conseguirem tem de ser mesmo o urulogista, mas ate lá vamos ver:

    Quanto tempo demoram os pontos a saltar?
    Faz mal eu me masturbar, mesmo devagarinho, mesmo no fundo do pénis, junto aos testiculos pasado 3 dias?
    Pode afetar a recuperação?
    Quanto tempo até poder ter relaxação sexual??
    Quanto tempo, para me poder masturbar como antigamente, puxando o prepucio ate ao máximo??

    Já agora, dizer tambem, nao deverei perder sensibilidade, nas relaçõe sexuais, pois infelismente, ainda nao tive nenhuma, mas nas 3 vezes que me masturbei, depois do procedimento, nao notei nada diferente, mas nao posso ter muita certeza, pois foi devagarinho e com cuidado, apesar de
    as vezes, quando vem aquela coisa intensa, pelo penis acima, doi um pouco, mas ainda estou com os pontos, que no total nao sei quantos, sao, mas sao mais de 5, vi gente aqui dizendo que so levaram 3, devo me preocupar com tendo eu levar muito mais que isso?
    Aguardo resposta a este post, e ao outro mais acima

    Já agora, obrigado ao ricardo que fez este blog, super informativo, e esclarecedor, tanto antes, ou depois, no meu caso depois do procedimento

    Bom ano novo a todos

  62. Oi não tenho certeza se preciso dessa cirurgia, como tenho certeza???

  63. Bom galera, passei por este procedimento faz uns 9 meses. Antes eu sentia realmente uma dificuldade na retração do prepúcio, porém a glande era totalmente exposta. Por opção, não tenho relações sexuais antes do casamento e, por isto, fico meio receoso de como será. Mas enfim, o meu depoimento é que ocorreu tudo super tranquilo. Não senti dor durante a operação e nem no pós-operatório (somente quando eu teimava em arrancar os pontos por conta própria, não façam isto!). Passado um mês da cirurgia, voltei ao urologista (SUS) para uma manutenção. Segundo o doutor, estava tudo certo, a recuperação teria sido melhor que a esperada. Hoje, não tenho problemas quanto a aparência, no entanto tenho um excesso de pele que fica logo após a glande quando ereto, sem “esmagá-la”. É estranho pois a parte de baixo, onde se deu o procedimento, fica totalmente esticado, quanto na parte de cima há um excesso de pele. Não tenho problemas na masturbação, porém, ao colocar o preservativo, sinto dificuldade, já que não é possível desenrolar a camisinha sobre o pênis devido a esta “barreira de pele” que se forma. Não voltei ao urologista, creio que não há necessidade.Possuo apenas um receio quando for ter minha primeira relação. Algum caso parecido ou orientação que possa ser dada?

    Obrigado!
    Ricardo, parabéns pelo blog! show!
    Abrss

  64. Parabens Ricardo! Estou a 2 dias da consulta com o anestesiologista pra marcar a cirurgia (ja passei pelo urologista) que queria de qualquer forma a cirurgia de fimose e eu quase que tive que implorar pra ele fazer apenas a frenuloplastia. Realmente estou apreensivo, creio que como todos aqui mas os comentários foram bastante esclarecedores. Espero que dê tudo certo porque não consigo colocar a cabeça pra fora quando o penis está ereto (só se for com muita dor)

  65. Passando aqui pra deixar meu relato sobre minha cirurgia e tirar uma duvida.

    Bem, foi bastante difícil no inicio, tive bastante medo por ser no local que é, porém foi tudo muito tranquilo, desde a cirurgia até a recuperação, tive uma recuperação rapida, não doía quase nada, só um pouquinho quando ficava ereto nos primeiros dias, mas logo passou, com 15 dias ja tinham caido todos os pontos e já estava cicatrizado, superficialmente, com 16 dias tive minha primeira masturbação.. e com 18 o primeiro sexo oral, e na verdade incomodava um pouco, em seguida tentei penetrar, porém quando vi que tava incomodando logo parei, na outra semana, completado os 24 dias, tive outra tentativa de sexo, acho que não estava totalmente lubrificado, doeu um pouco porém insisti, o resultado foi que tive um pequeno corte, bem pequeno mesmo, nada se comparado ao que tive antes da cirurgia… peguei a camisinha, coloquei, e continuei, não tive muito incomodo, acho que a camisinha reduz bastante o contato, porém no outro dia quando fui ter o contato sexual novamente doeu um pouco, parei na metade, hoje fazem 30 dias da cirurgia.

    Duvida:
    Fiquei com receio desse pequeno corte se repetir mais vezes… fiquei achando que o medico fez minha cirurgia muito curta, não sei ao certo… alguem me tira essa duvida e me fala se isso que ocorreu foi normal…

  66. Alguém ai pode me informar quanto custa uma cirurgia dessa? Ainda vou ao urologista, mas já acho que vou precisar fazer isso.

  67. Gente, não precisam ter receio da cirurgia. Procurando um bom médico ele irá te orientar sobre como proceder. O que não dá é pra ficar sentindo dor sendo que existe o procedimento cirúrgico!

  68. Olá Ricardo, muito prazer!
    Gostaria primeiramente de parabenizá-lo e agradecer pela iniciativa de criar esta publicação aqui no seu blog. Com certeza é um assunto que pouco se fala e é muito importante para um homem.
    Fiquei lendo seu texto e os comentários de diversas pessoas aqui na noite do dia 13/05, procurando saber melhor sobre a Frenuloplastia que iria fazer na manhã seguinte (14/05).
    Eu sempre tive uma vida normal, conseguindo expor a glande e sabia que não tinha fimose em nenhum estágio. Porém, quando tive minha primeira vez, percebi que sentia uma dor bastante forte, algo parecido com uma ardência. Eu tinha muita dificuldade de colocar a camisinha, mesmo quando “praticava” para não ir totalmente desinformado na hora H, mas não conseguia colocar da maneira comum que as pessoas colocam, deslizando para baixo. Ela descia junto com a pele pela glande, mas parava pouco abaixo dela, já que o freio limitava a pele a chega até ali. A única maneira de colocar a camisinha era esticando-a e colocando como uma toca, o que era tinha muitos pontos ruins, como incômodo, chances de arrebentar e ficava extremamente feio visualmente. Enfim, continuando sobre minha primeira vez.. eu estava com muita dificuldade de colocar minha camisinha de uma forma confortável e como era com uma pessoa que eu confiava e tomava anticoncepcional optei por fazer sem (usando a tática de gozar para fora, mesmo sabendo que não é recomendável). Ela era virgem também, então além do meu problema do freio, ela extremamente apertado. No final deu tudo certo, mas fiquei ressentido por causa da dor (inclusive por não conseguir ficar muito excitado durante o sexo, por causa da dor).
    Depois de um tempo, percebi que a dor ainda acontecia ao colocar a camisinha e tudo mais, então optei por procurar um médico. Acabei marcando a cirurgia só para agora, já que estou com tempo para me recuperar tranquilamente. Meu médico, que é inclusive conhecido da família, sugeriu de eu fazer na mesma cirurgia a retirada da pele que cobre a glande (circuncisão), mas mesmo ele apontando vários pontos positivos, não me senti firme para tamanha decisão, já que não tem volta depois né.. rs
    Ontem (15/05) fiz a cirurgia pela manhã. Aos que ainda não fizeram e estão lendo os comentários para se informar, podem ficar tranquilos! É um procedimento rápido e que após a cirurgia você sente muito pouco (uma leve ardência). Eu quando fui atendido pelo meu médico, perguntei se eu poderia fazer sedado, e ele autorizou. Acho assim mais fácil, já que você não corre o risco de sentir nada e quando acorda o procedimento já está finalizado. Para evitar dores depois, basta não fazer movimentos bruscos e assim que puder fazer repouso com gelo na região, para não inflamar.
    Passei o dia deitado e procurando fazer o mínimo de esforço para recuperar bem. Como fiz a cirurgia pela manhã, esperei até o começo da noite para tomar um banho.
    Na hora do banho, fiz como o enfermeiro recomendou e também como li em alguns relatos aqui do blog, com água morna. Eu depositei água morna num balde e fui molhando uma toalha de rosto na ponta e espremendo em cima da cabeça do pênis. Aos poucos fui puxando a pele, sem forçar nenhum ponto (já que a cirurgia ainda era de certa forma recente). Com calma você consegue puxar a pele para baixo ao máximo, possibilitando limpar com uma gaze (que eu também passava água morna do balde) qualquer resto de sangue ou pomada cicatrizando que o médico tenha colocado após a cirurgia. Usei o balde para não gastar água do chuveiro, já que demora e ficaria muita água caindo à toa. Eu fiz sentado no box, mas se por algum motivo não gostam da ideia, usem um banquinho de plástico que possa molhar.
    Durante o dia todo fiquei com uma bolsa térmica com gelo enrolada numa toalha fina, para ficar no local. É importante fazer intervalos (eu faço 40 minutos com e 20 minutos sem, em média), seguindo como acharem melhor.
    E, é claro, não poderia deixar de dizer sobre a experiência que já tive de tentativa de ereção. Estava dormindo durante a tarde, quando acordei sentido uma ardência maior que o normal na região. Em seguida coloquei a bolsa com gelo no local, percebendo que estava tendo uma pequena ereção e que poderia aumentar. Porém, a bolsa de gelo não estava adiantando de forma rápida. Então, peguei um gelo na mão e comecei a passar pelo pênis para amenizá-lo. Pouco tempo depois ele começou a reduzir. Para evitar este tipo de coisa, vou ao banheiro sempre que sinto uma mínima vontade e também coloco como regra só dormir depois que for ao banheiro. Mas essa vez aconteceu mesmo assim..
    Bom, deixo aqui meu relato sobre o meu primeiro dia pós-cirurgia e espero ter acalmado alguns desesperados (como eu estava no dia anterior da cirurgia, bem ansioso).
    Sobre o resultado, só vou poder falar no futuro..
    Valeu Ricardo, abração!

  69. Olá gente eu vo ter que fazer a cirurgia da frenuloplastia queria saber se tem alguém que fez particular e quanto custo

  70. Fiz a minha cirurgia de “frenuplastia” a um pouco mais de um mês e ainda não caíram todos os pontos, alguém já passou por isso, pois não sei o motivo certo, porém meu médico disse que não ouve complicações.

  71. Olá Pessoal. Gostei muito deste blog pois após muita procura sobre o assunto, esse foi o melhor e inclusive me identifiquei com o relato de mutias pessoas. No meu caso, não tenho a fimose e sim o freio curto. Quando flácido consigo puxar toda a pele para traz, mas quando ereto ele só vai até a base da glande, e mesmo forçando não vai mais. Dai toda aquela pele que cobre a glande acaba ficando enrolada na base da glande. Com isso gera desconforto e dor quando esta ereto, durante a relação, masturbação e até na hora de por preservativo. Já marquei uma consulta com o urologista e gostaria de saber se frenuloplastia é feita pelo sus ou só particular. E saber também no meu caso se seria somente a frenuloplastia e de como é o procedimento. Ao autor do Blog gostaria de saber se tem como passar wahts App ou face ou email para poder tirar mais duvidas.

  72. Cara, o SUS faz a cirurgia mas em geral todo o acompanhamento e indicação tem de ser pelo SUS.
    Do meu contato, o email está em um dos posts, da uma lida aí que vc acha. Dos outros, foi mal, mas não vou passar não. É muita exposição jogar isso assim no blof. Mas relaxa, email eu respondo sempre…

  73. Olá, fiquei impressionado com esse post, tirei muitas dúvidas lendo os relatos dos usuários, o meu problema é que não consigo expor totalmente a glande devido ao freio curto, mas fiquei mais tranquilo depois que li esse post, vou marcar uma consulta com urologista e ver o que deve ser feito, um abraço.

  74. Ola, boa noite. Primwiramente quero parabenizar pelo blog, tirei muitas duvidas. E pelo fato de ser homem que sempre se tem o receio de conversar sobre esse tipo de assunto com alguem e parcer ridiculo. Mas ainda restou uma duvida: sobre a anestesia, onde exatamente vc levou? No corpo, na glande ou proximo ao frenulo? E se há a possibilidade de alguma anestesia mais eficaz do q a comum. Ja passei por dois processos operatoriis onde em nenhum dos dois tive sorte com isso, em um deles, uma cirurgia no dedo, senti tudo o que faziam, inclusive as doresdoscortea com o bisturi, na outra, na retirada de dentes, tbm sentia dores das furadas dos aparelhos e tudo mais..entao sou bem traumatizado com esse tipo de coisa. Grato, e fique na paz.

  75. É normal notar que a costura deixe no ponto exato do corte do frênulo ocorrer um encurtamento do diâmetro do pênis nessa área? No restante parece ter ficado normal tudo, só esse diâmetro menor nessa área, será houve um encurtamento com o ponto? ou é normal?

  76. vou fazer essa pésti ai tambem meu caro,to pesquisando sobre o assunto,valeu sua idéia ai me falaram que era fimose e quase deitei na maca do açougue,abraço!

  77. Fiz a minha cirurgia ontem 22/11/16.
    Só estou com uma dúvida,posso deixar a glande emcobrida mesmo com os pontos,ou deixo ela exposta?
    Será que atrapalha na cicatrização deixa a glande coberta?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s