Amores…

Não tenho muito o que escrever, mas ontem li essa frase para uma amiga e achei que cabia colocá-la aqui… A frase está em negrito, mas achei que colocar a estrofe inteira é o mínimo, pra não ficar solto… qualquer outro dia ponho o poema inteiro, ou não…

Sim
São infiéis e passageiras
mas poupem-me os conselhos,
não excluo os amores
por medo de perdê-los

Trecho de “Sobre o ofício de construir estrelas e o risco das verrugas”, de Mauro Luis Iasi, no seu novo livro, “MetaAmorFases”.

Anúncios