Depois de tanto tempo…

Bom… eu andava na correria vários desses dias… Aí, tinha muito pouco tempo pra mexer aqui… E realmente tinha meio que abandonado…

Aí, uma amiga me cobrou que eu andava sumido, e eu resolvi voltar a escrever alguma coisa… Antes, queria agradecer aos comentários, tanto os de pessoas que eu conheço, como o de quem eu não conheço. São sempre importantes, mais até do que se imagina…

Vou colocar aqui um dos meus poemas de uma série, que eu, em um momento nada original, chamei de “Curtas”. Esse foi escrito em 12/5/2008, provavelmente na contracapa de alguma apostila do cursinho…

——————————–

E nessa brecha do mundo
deixa um sorriso profundo
por um ou outro segundo
colorir teu cinzento mundo